domingo, 23 de março de 2014

La Spezia e CINQUE TERRE

Cinque Terre faz parte da Liguria - noroeste da Itália.

O Parque Nacional Cinque Terre fica entre Levanto (ao norte) e La Spezia (ao sul) e é formado por 5 (cinco) pequenas vilas encravadas entre o mar e a terra. São as vilas: Riomaggiore, Manarola, Corniglia, Vernazza e Monterosso, sendo o parque declarado patrimônio da humanidade pela Unesco em 1997.



Para chegar a cada uma, três opções se abrem: trem, carro ou barco. A melhor opção é ir de trem, pois você já descerá dentro das pequenas vilas. Se optar pelo carro, será preciso deixá-lo bem ao alto, em pequenos e concorridos estacionamentos públicos e descer alguns metros à pé.

Em razão das características físicas do lugar, a sugestão é se hospedar em Levanto ou La Spezia - escolha de acordo com o roteiro traçado. Como estávamos descendo a Bota, preferimos ficar em La Spezia.

A pequena cidade litorânea de La Spezia possui um grande porto, mas em relação ao turismo, acaba por ser ponto de apoio ao Parque Nacional Cinque Terre. A principal rua da cidade é a Via Del Prione - que te leva da beira mar até a estação de trem.

A Via Del Prione - e seus arredores - concentra hotéis, bares, restaurantes, lojas. Um bar que muito me agradou foi o Lo Sfizio (Via Prione, 199) - ficamos lá por algumas horas experimentando Apparel Spritz - atendimento de qualidade, preços bons, wi-fi  gratuita.

Para conhecer as "Terres" dois dias são suficientes - se for no verão fique três e aproveite o passeio de barco. Caso você seja adepto de trilhas, também reserve um dia para este fim (são muitas em todo o parque, sendo que a de Porto Venere a Levanto leva em média 12 horas, mas você pode optar por uma entre as Terres, e que percorrem 3 a 9 quilômetros).

Toda a área marinha é protegida, deixando a flora e fauna ainda mais ricas. A ideia é de turismo sustentável.

Entre Riomaggiore e Manarola fica a Via dell' Amore - bem a beira mar, o caminho pelas pedras te leva entre as duas terras. Depois das chuvas que assolaram a região em 2011, e com o deslizamento de terra em setembro de 2012 a via foi danificada, impedindo o percurso. Há notícias de que será reaberta em 2014.





(Riomaggiore)

Monterosso (Montersosso al Mare) é a que possui maior infraestrutura, mas em todas é possível se hospedar (muitos moradores alugam quartos e apartamentos).  A única que não possui acesso ao mar é Corniglia, que fica bem ao alto da formação rochosa.


(Monterosso)

(Vista de Monterosso, de onde se visualiza Vernazza, Corniglia e Manarola)

A dica é começar por Monterosso - é a mais distante (25 minutos de trem, saindo de La Spezia), vá cedo, aproveite bem a manhã e almoce por lá. Em todas é possível apreciar massas com frutos do mar.

A minha preferida é Riomaggiore - é a vista que eu tanto queria de Cinque Terre!


 
(Corniglia)


Se você gosta de levar uma lembrança das suas viagens, nas Terres há uma coleção de pingentes - "Step by step". Como o próprio nome diz, em cada uma das Terres você compra um pingente, escolhe o material deste (prata, platina ou bronze), e ao final das visitas, junta-os, transformando em um colar, fechando o ciclo. Fique atento aos horários de atendimento de cada loja, em cada "terre", pois há lojas próprias que participam do projeto. Em Manarola estive por duas vezes, nos horários indicados, e a loja estava fechada - mandei um e-mail para o projeto e recebi em minha casa o 5º elemento (muito obrigada!), mas fiquei sem o carimbo no certificado.

Era inverno, por isso as fotos não favorecem... Decidi que vou voltar em tempos mais quentes ... preciso mergulhar nessas águas!


(Manarola)

Gostou? Conhece? Deixe sua dica para outros viajantes!!!

Boa viagem!!!

Serviço:
Hotel Ghironi - via del Tino, 62, La Spezia - www.hotelghironi.it - hotel excelente - quartos amplos, arejados, garagem - mas um pouco distante da linha férrea, porém, possui serviço de "shuttle" (trasfer, transporte), o que soluciona. A diária foi de 89 euros.

Trem: o passe de 10 euros te permite utilizar o serviço por todo o dia, quantas vezes quiser, entre todas as cinque terres.

Step by Step - Um colar passo a passo - www.richysteel.it

Nenhum comentário:

Postar um comentário