quarta-feira, 9 de setembro de 2015

No fim do mundo: Ushuaia


Quer ir para o fim do mundo?? 



O ponto habitado mais ao sul do continente americano é a cidade de Ushuaia, na Argentina. Às margens do Canal Beagle, e aos pés da Cordilheira dos Andes, a pequena e charmosa cidade possui várias atrações.

Para se chegar até lá, o melhor trajeto é através de avião; a maior parte dos voos se dá por Buenos Aires, tanto pela Lan (LATAM) quanto pela Aerolíneas Argentinas.

O aeroporto de Ushuaia é bem pequeno (por causa da geografia local), e pode acontecer, principalmente por razões climáticas, de ocorrer alguma alteração voo. Fica a primeira dica: não programe passeios para o dia em que chegar!

A pequena cidade abriga estações de esqui, passeio de barco, patinação no gelo, bosques e lagos naturais, trenós com cães... Tem muita atividade!!

Como sugestão, fica um roteiro de 5 (cinco) dias - sem contar ida e volta - a não ser que você não queira esquiar.

Também chamada de "Terra do Fogo", a cidade mais austral do mundo recebe este apelido em razão da visão dos descobridores ao avistarem fogos dispersos e fumaça das fogueiras dos nativos, que pareciam boiar sobre as águas.


Os primeiros habitantes eram indígenas Yámanas, e para colonizar o local decidiu-se construir um presídio. Posteriormente, a região foi declarada zona franca (livre de impostos), gerando a instalação de muitas empresas, especialmente de eletrônicos.

Embora seja zona franca, os preços são altos em razão da dificuldade de acesso à cidade.

O Canal Beagle interliga os Oceanos Atlântico e Pacífico e abriga, em frente a cidade de Ushuaia, as Islas de Los Lobos, Los Pajaros e Bridges. De Ushuaia se avista, do outro lado do canal, o Cabo Horn, localizado no Chile.



Na cidade todas as empresas de turismo trabalham com os mesmos valores de passeios.  Melhor explicando: não há cobrança diferenciada para os ingressos, traslados, mas algumas ofertam adicionais como o almoço, vários passeios em um só dia etc. Por isso, procure a que melhor te atender com os "adicionais" e que lhe seja mais simpática.

Acabamos optando por contratar três passeios - para a estadia em 04 (quatro) dias, e no outro, desvendamos a cidade a pé.


No inverno não vale a pena alugar um carro, pois nem todos tem habilidade para dirigir na neve. É possível contratar táxis, mas para um dia de passeio, acaba não compensando muito. 

Escolhemos a empresa Brasileiros em Ushuaia, e fizemos os passeios: Aventura e Neve, Mega Tour Inverno e Navegação no Canal Beagle.

No passeio Aventura e Neve a empresa te leva para um centro invernal, e engloba caminhada com raquetes de neve, trenó com cães, moto neve (snowmobile) e "esqui bunda". No local há almoço, servindo-se a comida típica local, que é o cordeiro patagônico. Foi excelente para crianças.




O Mega Tour Inverno engloba o passeio ao Trem do Fim do Mundo (valor do trem pago a parte). O passeio também é de um dia inteiro e se inicia no Parque Nacional Tierra del Fuego, indo até a Ruta 3, Baía Lapatáia, seguindo para o Centro Invernal no Glaciar Martial. Ao final, há patinação no gelo.


A navegação no Canal Beagle é passeio obrigatório! É possível observar pássaros e lobos marinhos, além do Farol Les Eclaireus.

Além destes passeios, esta empresa oferta passeio de helicóptero e expedição off road pelos lagos. Para saber mais, é só visitar o site.



Se você não quiser contratar uma empresa, para fazer a navegação no Canal Beagle basta se dirigir ao porto de Ushuaia. São várias empresas que ofertam a navegação, e no inverno é possível ver os lobos marinhos. No verão os turistas podem observar os pinguins (inúmeros!!!) na pinguineira.

O Trem do Fim do Mundo, com locomotiva a vapor, levava presos há cem (100) anos e percorre o sinuoso rio Pipo, passando pelo bosque e cascata Macarena. Desde 1994 há passeios regulares. Chegue cedo, pois há apenas alguns horários. Quando há muita procura outros trens saem também, mas não é sempre. Confirme no site www.trendelfindelmundo.com.ar 



O trem fica dentro do Parque Nacional Tierra del Fuego, o lugar mais bonito de Ushuaia. Árvores, estradas, castores, córregos.. e a Baía Lapatáia.

É às margens da Baía Lapatáia que está o final da Ruta 3 - a via que leva Ushuaia até o Alasca!!


A maior e melhor estação de esqui é a Cerro Castor. Para chegar até ela é preciso seguir pela Rota 3 (desde o centro da cidade) por cerca de 30 (trinta) minutos. É possível comprar antecipadamente os ingressos. Há pistas para iniciantes e para os mais experientes, inclusive sendo local para treino de atletas.

Lembre-se que se você não tiver roupa apropriada e também esqui/snowboard terá que alugar (é possível alugar na estação de esqui e no centro da cidade).

Para aqueles que não quiserem investir muito na estação de esqui, há como opção a pista do Glaciar Martial - a pista é gratuita, com aluguel apenas dos equipamentos (Por exemplo, a aula de esqui para uma pessoa sai por $520 na alta temporada). É suficiente para as crianças.

Ao lado da pista do Glaciar Martial fica a Casa de Té - que lugar lindo! Parece uma casa de bonecas! Trata-se de uma tradicional casa de chá com quitutes, chás, chocolates, e muitos utensílios para saborear chás em sua residência.



No centro da cidade visitem o Museu Marítimo e do Presídio, pois ele o início de Ushuaia... as celas, os moradores, com imagens e também réplicas. Os prisioneiros de Ushuaia eram delinquentes autores de graves delitos, alguns, inclusive, com prisão perpétua. O primeiro grupo chegou à cidade em 1896 e era formado por 14 detentos, posteriormente, outros 20 presos foram voluntariamente para o local. O ingresso custa $150 (cento e cinquenta pesos) e pode ser usado em 48h.

As dicas são todas do inverno, mas no verão também é possível desbravar Ushuaia com outros olhares. Já penso em voltar lá nesta época!!



Não se esqueça de ir aos Correios (na Av. San Martín) e carimbar seu passaporte com o Fim do Mundo!! (Também é possível carimbar no Trem do Fim do Mundo)

Hotel: Los Naranjos - Você pode escolher um hotel aqui!

Deixe sua dica!!

Boa viagem!!!

2 comentários:

  1. Boa Tarde!!

    Adorei seu post, esta sendo bem útil pois estou indo agora em agosto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que ótimo Jacqueline! Espero que curta muito sua viagem!! Se quiser, poste suas fotos no instagram com a #blogumolharnovo para um repostt! :)

      Excluir